2017, quase 20 anos depois do Apocalipse.

No final do século XX os antidiluvianos despertaram de seu sono milenar, a wyrm teve seu poder espalhado na terra através da guerra pelo petróleo e as perdas entre aqueles que defendiam Gaia foram intensas. Porém, nada acabou como se esperava.

Vampiros esperavam que seus criadores fizessem a Gehenna final, mas todos os antigos foram mortos. A Tecnocracia os venceu.

Apenas aqueles com o sangue muito fraco para serem detectados pelos super satélites tecnocratas sobreviveram. E Caim nunca apareceu. Será que os textos diziam a verdade? Nada disso importa mais, muitos vampiros dos que ainda existem nem pode mais criar descendentes.

Os magos esperavam que a tecnocracia caisse diante dos poderes sobrenaturais, quebrando os paradigmas da realidade facilitando que a verdadeira magika fosse usada. Porém, a Tecnocracia também os venceu.

As grandes cabalas mágikas e nodos foram identificados e combatidos. Aquelas que estavam na Terra e no tempo presente caíram diante da descrença dos humanos. Caminhar sem chamar atenção é a regra atual.

Aqueles entre nós que usavam a Weaver se aliaram aos Tecnocratas para evitar um "mau maior", mas foram traídos. Ao acabar com antigos e dançarinos da espiral negra, os virus magikos invadiram todos os seus recursos, foram mortos pela tecnocracia e os grandes satélites se voltaram para os nossos caerns. Identificando um a um e causando uma chacina quando estávamos comemorando. Dizem que o rastreador de sobrenatural era tão forte, que até parentes de sangue puro foram mortos. Também caímos diante do poder tecnocrata.

Antes de morrer, o último galliard dos Garras Vermelhas contou que todos os Andarilhos do Asfalto que ainda viviam vieram lutar e morrer com eles, pedindo perdão e chorando as lágrimas dos lobos.

Não existem mais nascidos lobos, não existem mais reservas e caerns sagrados. Instalou-se uma era de controle total dos magos da tecnologia. A película está mais densa que nunca, as fontes de glamour secaram e a nação garou ruiu. O mundo espiritual se afastou de todos nós em vergonha.

Os poucos de nós que ainda vagam não entendem bem qual o seu propósito: "Se acabamos com a Wyrm, pq Gaia ainda chora?". Dos que sobraram, muitos preferiam estar mortos. Os mais velhos vêem como um fracasso terem sobrevivido ao apocalipse. 

Existem apenas uns míseros loucos que ainda tem esperança, que enxergam que a guerra mudou, que buscam novos filhotes, que entendem que os garous mudaram, mas nunca poderão ser completamente exterminados.

Os humanos estão cada vez mais divididos entre aqueles com poder aquisitivo e os miseráveis.
Tudo no meio foi destruído. A natureza se tornou apenas uma fonte de recursos controlados pela "sociedade nova". Os governos tem cada dia menos poder e as corporações compraram os poucos representates eleitos que ainda existem.

Quem tem poder aquisitivo pode praticamente ser imortal, ser quem quiser com plásticas mirabolantes. Entretanto, para quem luta para sobreviver à pressão de suas dívidas, aldeias urbanas se tornaram uma solução viável.

A tecnologia escravizou os seres humanos, que não conseguem mais se comunicar que não seja por aparatos monitorados pela Tecnocracia. Escravos sem mente, sem discernimento, que cedem seus dados para qualquer um que dê acesso aos meios de comunicação e um pouco de entretenimento. As informações que chegam ao público são controladas pelas grandes empresas.

A humanidade está mais cega do que nunca.

Será que novos filhotes Garou poderiam fazer alguma diferença nesse novo mundo?
Quando a wyrm foi derrotada um inimigo pior apareceu.

Postado por Andarilho das Cinzas – galliard dos novos Uktena.

Lobos do Cerrado

AnaRecalde schley200 ThiagoLima Kassio